Cloud Computing: Conheça as vantagens e desvantagens

Conheça as vantagens e desvantagens do Cloud Computing. Veja também porque ele é tão importante para os dias atuais.

Uma das tendências mais relevantes hoje em dia, tanto para grandes ou pequenas empresas, é a Cloud computing, ou a Computação em nuvem. Graças a ele é possível oferecer serviços tão complexos através de centenas ou milhares de servidores espalhados pelo mundo.

A evolução dos smartphones e novas tendências tornaram o cloud computing uma tecnologia extremamente necessária. Ela permite uma quantidade grande de processamento e armazenamento utilizando uma grande quantidade de servidores interligados pela internet.

O que é Cloud Computing?

Cloud computing, ou computação em nuvem, é um termo coloquial utilizado para designar um conjuntos de servidores interconectados e acessíveis via internet, que funcionam sob demanda em grande escala para garantir o funcionamento ininterrupto do serviço.

Essa tecnologia pode ser utilizada para hospedar aplicações, dados e arquivos. O principal diferencial para a computação tradicional é que o cloud computing não fica restrito a um único servidor. Por esse motivo, não há interrupção quando um dos servidores falham.

Cloud Computing

As grandes empresas como Netflix, Google, Amazon e provedores de serviços web (SaaS) utilizam o cloud computing por conta da descentralização de servidores e alta capacidade computacional, que garantem confiabilidade e desempenho maior para as aplicações.

Você usa a Cloud Computing e provavelmente não sabe. Veja os exemplos onde isso ocorre:

  • Utilizar um serviço de e-mail;
  • Usar um serviço de streaming para ouvir música ou ver vídeos;
  • Acessar jogos online;
  • Usar serviços online de edição de documentos ou de vídeo.

Essa tecnologia de nuvem não é recente, há cerca de uma década já existem empresas ofertando o armazenamento de dados e aplicações na nuvem. Mas a cada dia que passa, desde pequenas empresas até grandes corporações abraçam o conceito e os serviços da Cloud.

A Cloud, portanto, nada mais é que uma metáfora para a internet. Quando você utiliza dados ou programas da sua HD, está utilizando algo que está próximo fisicamente de você. Já na Nuvem, você usa “espaço” dentro da própria internet para armazenar seus dados.

E você pode acessá-los a qualquer hora, de qualquer parte do mundo que você esteja. E é sobre isto que vamos falar agora, as vantagens e desvantagens do Cloud Computing.

Como funciona a cloud computing?

A computação em nuvem funciona através de um conjunto de servidores interconectados que se utilizam da internet para fornecer acesso a arquivos e aplicações distribuídas em diversos servidores, permitindo assim que pessoas de qualquer lugar do mundo tenham acesso ao conteúdo disponibilizado.

A tecnologia em nuvem se baseia em três tipos de serviços:

Nuvem pública

A nuvem pública é caracterizada por seu baixo custo e ser acessível via internet por qualquer pessoa. Nesse tipo de serviço, o ambiente em nuvem é totalmente gerenciado por terceiros e o serviço é oferecido a outras empresas ou pessoas.

A nuvem pública é compartilhada por vários indivíduos, mesmo que o acesso a determinado arquivo ou aplicação seja restringindo a uma única pessoa ou grupo de pessoas. O compartilhamento se restringe aos recursos computacionais, o conteúdo é armazenado de forma segura e privada.

O Google Drive, Microsoft One e Gmail são exemplos de aplicações rodando em nuvem pública. Apesar dos recursos do cloud serem compartilhados, o conteúdo é restrito a seus respectivos proprietários, com total segurança e privacidade.

Nuvem privada

A nuvem privada, também conhecida como nuvem interna ou corporativa, é um ambiente com funcionamento de uma rede interna, onde somente um grupo restritos de usuários podem acessar o ambiente cloud da empresa.

Desse modo, é possível garantir um nível de segurança maior e a privacidade de arquivos armazenados. Porém, esse tipo de nuvem exige conhecimento de TI avançado para realizar o gerenciamento da mesma e garantir que somente pessoas autorizadas tenham acesso a nuvem.

Esse tipo de nuvem é muito usada por empresas para armazenar arquivos e aplicações de intranet. Assim as organizações garantem uma maior segurança das aplicações internas.

Nuvem híbrida

A nuvem híbrida é constituída de pelo menos uma nuvem pública e uma nuvem privada. Os dois ambientes são criados compartilhando recursos computacionais, porém com finalidade distintas.

Geralmente consiste de uma nuvem privada para as aplicações intranet da empresa e uma nuvem pública para disponibilizar um determinado serviço para todos os usuários através da internet.

Tipos de computação em nuvem

Os serviços de computação em nuvem podem ser divididos em três grupos, que são:

Infraestrutura como serviço (IaaS)

O IaaS fornece a infraestrutura básica de TI para a criação de uma nuvem, seja ela privada ou pública. O IaaS (Infraestrutura como serviço) disponibiliza a infraestrutura de rede e servidores (virtuais ou em hardware dedicado) para quem deseja montar sua própria nuvem de serviços.

A vantagem do IaaS é poder criar uma complexa nuvem sem necessidade de investir em infraestrutura própria. A empresa provedora da IaaS cuida de toda a parte tecnológica enquanto o cliente é responsável apenas pelo gerenciamento e utilização da nuvem.

Plataforma como serviço (PaaS)

A PaaS fornece uma plataforma de serviços baseados em cloud computing. Nesta modalidade, o provedor fornece acesso a aplicações como de armazenamento, banco de dados, hospedagem de site e muitas outras dentro da nuvem da empresa.

O cliente pode utilizar o PaaS para criar novos serviços e aplicações utilizando a nuvem e a plataforma fornecida pela empresa, sem a necessidade de se preocupar com o gerenciamento da nuvem. Exemplos de serviços PaaS: Google App Engine, Microsoft Azure Cloud Services, Heroku e RedHat

Software como serviço (SaaS)

SaaS são softwares e serviços vendidos a usuários finais por empresas que oferecem soluções baseadas em nuvem. Isso é, sempre que a empresa vende um produto ou serviço que não pode ser baixado e permanece nos servidores cloud da empresa.

Neste quesito se enquadra programas de computador, serviços baseados na web e aplicativos para celular.

Cloud Computing e sua importância para a web

A internet se beneficia do cloud computing de diversas formas, mas não apenas isso, somos altamente dependentes do cloud.

A “internet of things”, ou internet das coisas, é um conceito recente que fala sobre tudo estar interconectado e acessível via internet. Isso somente é possível por conta do cloud computing, que oferece a tecnologia necessária para garantir a alta capacidade de conectar milhões de dispositivos e a alta confiabilidade que este tipo de serviço necessita.

Com tudo isso fica uma pergunta fundamental: onde podemos armazenar todos estes arquivos? Como guarda-los de uma forma confiável, de modo que podemos recuperá-los a hora que quisermos?

cloud vantagens e desvantagens

A história da tecnologia recente, também é uma história das unidades de armazenamento. Há apenas 50 anos o universo da informática vivia limitado a meros 5 Megabytes de espaço em disco.

E de disquetes a CDs, daí para pen-drives e HDs cada vez maiores, estamos constantemente aprimorando as mídias de armazenamento, otimizando e projetando de uma forma que consigamos colocar o máximo de informação no menor espaço possível.

Mas, hoje em dia, só a mídia física não é suficiente. Daí que veio a Cloud. A nuvem, com seus milhares de serviços interconectados, permite atingir níveis altíssimos de armazenamento e poder computacional.

Vantagens do Cloud Computing

Como tudo na vida, existe coisas boas e ruins que se pode falar sobre o uso da cloud computing. Lembrando também que o que é bom para um tipo de empresa, pode ser totalmente inadequado para outra.

1. Liberação de memória dos dispositivos físicos

Logo quando você começa a utilizar a Cloud para armazenar arquivos, sua primeira vantagem mais óbvia é a liberação de memória do seu computador, celular, notebook, etc.

Isto acontece porque você envia seus arquivos para a nuvem, e eles deixam de ocupar o espaço que anteriormente ocupavam. Isto pode ajudar no desempenho de seu computador ou dispositivo.

2. Acesso irrestrito em qualquer lugar, e a qualquer hora

Como dito antes, você pode viajar para qualquer lugar sem ter que levar seus HD´s com você. É só acessar na Cloud. É útil também para acessar informações que só estariam disponíveis, por exemplo, nos computadores da empresa a qualquer hora.

3. Escalabilidade

A escalabilidade do ambiente cloud é um importante fator para adoção desta tecnologia. Os serviços baseados em nuvem são facilmente escaláveis devido ao grande número de servidores que fazem parte da rede e permitem uma maior disponibilização de recursos computacionais.

4. Acesso aos recursos da rede

No ambiente de Cloud você pode lançar mão de diversos recursos que a rede proporciona diretamente, independente do fornecedor do serviço. É uma boa ideia para resolver problemas rapidamente com recursos integrados diretamente na internet.

5. Baixo Custo

Ela reduz drasticamente os custos que você teria em hardware, consumo de energia, refrigeração e gerenciamento de um dispositivo físico. Principalmente se for uma grande quantidade de dados. Lembrando que o serviço possui um custo, o que muitas pessoas podem considerar uma desvantagem.

6. Segurança

Geralmente os fornecedores na cloud computing possuem estratégias de segurança, como criptografia de ponta a ponta e fracionamento de arquivos. Além de seus arquivos se encontrarem em partes diferentes do mundo sobre vigilância constante.

Desvantagens do cloud computing

Conheça algumas das desvantagens da tecnologia cloud:

1. Dependência da Internet

Para acessar serviços baseado em cloud ou arquivos em nuvem é necessário que haja uma conexão de internet e então poderá acessá-los de qualquer lugar.

2. Velocidade

A velocidade da conexão também é uma questão. Se você tiver uma conexão baixa e estiver transferindo uma grande quantidade de arquivos pesados, corre o risco de levar um tempo muito grande para transferir os arquivos.

Conclusão

O cloud computing não é uma tecnologia na moda e sim uma tecnologia que veio para ficar e fazer parte das nossas vidas. Aplicações que antes não utilizavam o cloud agora já migraram para ela.

Hoje em dia não há ninguém que nunca se beneficiou da tecnologia baseadas em nuvem. Se você alguma vez utilizou o seu celular, mesmo que para fazer uma simples ligação, a nuvem foi utilizada por sua operadora para checar se você tinha créditos ou qual o plano da sua linha.

O armazenamento de dados na nuvem se tornou uma necessidade devido a quantidade de aparelhos conectados à internet e também para garantir a estabilidade do serviço.

*Condições no site