Hospedagem de site ou hospedagem WordPress: qual a melhor?

Descubra qual delas é melhor contratar para hospedar um site ou blog. E conheça também as principais características desses dois serviços.

Quando se está no processo de colocar um site online, é necessário escolher entre hospedagem de site ou hospedagem WordPress. Como as duas opções servem para praticamente a mesma coisa, mas possuem alguns recursos diferentes, é difícil decidir entre elas.

Para tirar essa dúvida e indicar a melhor solução para seu site, escrevemos esse artigo. Tenho certeza que ao final dele, saberá que tipo de hospedagem escolher e como usufruir ao máximo dela.

O que é uma hospedagem de site e quais seus recursos

hospedagem de site

Uma hospedagem de site é a contratação de uma empresa com servidores que possibilitam deixar seu conteúdo disponível na internet para ser acessado por qualquer pessoa que saiba o domínio ou encontre o site por meio de mecanismos de busca como o Google.

Nessas empresas, existem diversos tipos de hospedagem. A “hospedagem de site” é a mais comum dentre elas, sendo considerada, inclusive, o plano padrão com valores bem acessíveis.

Esse plano, levando em consideração especificidades como armazenamento, tráfego e e-mails, é ideal para qualquer tipo de site, desde os que funcionam baseados no WordPress, até aqueles que são apenas arquivos HTML estáticos disponibilizados no servidor.

A depender da empresa, a performance dos sites hospedados são estáveis e suportam uma boa quantidade de visitantes sem queda de desempenho.

Entretanto, diferente de um site simples, o WordPress consome alguns recursos extras do servidor devido às grandes funcionalidades dele. Com isso, vários provedores decidiram criar um plano extra, focado em dar mais velocidade e poder ao WordPress, otimizando o que fosse possível para ele.

O que é uma hospedagem WordPress?

logotipo wordpress

Uma hospedagem WordPress, como o nome já indica, é um plano de hospedagem voltado exclusivamente para o WordPress e sua necessidade de otimização. Por ser um CMS bem construído, mas relativamente pesado se comparado a um site estático em HTML, os servidores fazem otimizações para que ele funcione de maneira ideal.

Esse plano é perfeito para sites que utilizam o WordPress por padrão. Nele, vários recursos são pré-instalados com o objetivo de te poupar tempo.

Por exemplo, ao invés de:

  • Entrar no site oficial do WordPress;
  • Baixar os arquivos de instalação;
  • Enviar para o servidor via FTP ou Gerenciador de Arquivos;
  • Descompactar conteúdo.
  • Configurar banco de dados.
  • e Instalar.

Vantagens de usar uma hospedagem WordPress

A hospedagem WordPress traz instaladores automáticos e, junto deles, sistemas avançados de cache, desempenho e segurança, além de um suporte mais especializado. Entraremos em detalhes sobre cada um desses itens abaixo:

1. Sistema de cache no servidor

Um sistema ou plugin de cache é um método de otimização de velocidade de carregamento de conteúdos na internet, em que um algoritmo avalia os arquivos mais utilizados e cria uma cópia deles no servidor de hospedagem.

Com isso, as páginas tendem a ser carregadas muito mais rápidas que o convencional, o que garante uma boa experiência para quem acessa.

Afinal de contas, não é nenhuma novidade que sites precisam carregar de forma quase instantânea. Pois isso valoriza o conteúdo e faz com que se tenha mais resultados nos mecanismos de busca.

No entanto, um sistema de cache no servidor, e não via plugin, pode ocasionar problemas para usuários inexperientes, a depender da construção do tema utilizado no WordPress.

Alguns temas, seja por possuírem mais de uma imagem por arquivo ou ter sua cadeia de scripts mal projetada, podem apresentar alguns bugs. Eles podem ser facilmente resolvidos na configuração de cache do servidor, desde que se saiba o que está fazendo.

2. Atualizações automáticas

O WordPress, por ser o CMS mais utilizado do mundo, com certeza é o mais visado para interceptação e roubo de dados pela internet. Não se engane, ele é extremamente seguro, desde que esteja atualizado.

O problema é que muitas vezes essa atualização depende do usuário e, por descuido ou desconhecimento, muitos acabam deixando versões anteriores no servidor, o que coopera para problemas envolvendo incompatibilidade de temas e plugins ou até mesmo ataques de cybercriminosos.

Pensando em resolver o problema de falta de segurança por ausência de atualizações, os planos de hospedagem WordPress normalmente possuem recursos de atualizações automáticas.

Sempre que sair uma nova versão do repositório oficial, a empresa de hospedagem atualizará o WordPress. Simples assim.

3. Backups regulares

Dependendo do plano escolhido, se pode ter direito a backups regulares. Algo de extrema utilidade, uma vez que sites WordPress trabalham com produção constante de conteúdo.

Se seu site der problemas e só tiver disponível uma cópia de segurança de dois meses anteriores, por exemplo, se perderam dois meses de:

  • Artigos publicados.
  • Comentários recebidos.
  • Conteúdos atualizados.

É algo muito sério. Porém, felizmente, com backups regulares, caso aconteçam situações inesperadas, basta recuperar a cópia de segurança da semana ou do dia anterior. Assim, o problema é resolvido de forma imediata e sem perda de dados.

Claro, é possível fazer backups manualmente por meio de plugins ou conhecimento técnico no painel da hospedagem. A questão é que isso demanda tempo e armazenamento. Se feito direto no servidor, há toda a tranquilidade de não se preocupar com eventuais problemas.

4. Suporte especializado

Independente da empresa de hospedagem, problemas podem ocorrer. Sejam ocasionados pelo cliente ou pela própria empresa. Nesses momentos, é notável o quanto um bom suporte faz total diferença.

Entretanto, quando se tem um plano de hospedagem WordPress, o suporte dele já é totalmente treinado para resolver demandas do próprio WordPress. O que facilita muito na hora de resolver situações desagradáveis, uma vez que em planos de hospedagem normais, os problemas gerados podem ser de inúmeros tipos, desde envolvendo outros CMSs ou recursos.

O que isso significa na prática? Mais velocidade de resposta e solução. Lógico, existem outros fatores indiretos que alteram o desempenho do suporte. O comprometimento da empresa é importantíssimo, nesse sentido.

5. Área de testes

Falando em problemas que tornam necessária a demanda do suporte, as hospedagens WordPress são conhecidas também por terem sistema de versão. Em outras palavras: uma área de testes para fazer o que quiser e depois voltar atrás, caso algo não funcione como o planejado, algo bem mais prático que usar cópias locais do CMS.

Essas áreas são conhecidas também pelo termo: Staging Environment (ou ambiente de encenação, em tradução livre). Embora pouco utilizado no Brasil, no contexto de desenvolvimento de sites, o uso deles é massivo em outros países, justamente por ser um recurso que diminui riscos, permite atualizações e gera mais segurança.

6. Simplicidade

Como o painel de controle de hospedagens WordPress tende a ser diferente das hospedagens tradicionais, há um ganho enorme em simplicidade e facilidade de uso, uma vez que não se precisa lidar com tantas opções e recursos confusos que o cPanel apresenta.

7. Recursos adicionais

Embora não seja regra e até mesmo pouco comum, algumas empresas de hospedagem WordPress disponibilizam recursos pagos de forma gratuita. Com elas, se consegue uma gama interessante de temas premium e plugins profissionais ou até mesmo CDNs poderosos de graça.

Essa é uma forma de aumentar o valor percebido (não financeiro) do plano e conquistar novos clientes. Como cada empresa de hospedagem tem sua política de marketing, isso pode variar e inclusive não existir em algumas.

O que é mais barato: hospedagem de site ou hospedagem WordPress?

hospedagem de site ou hospedagem compartilhada qual a mais barata

As duas possuem os mesmos valores, mas algumas exceções. Determinadas empresas podem optar por cobrar um valor a mais em hospedagem WordPress, mas nas raras vezes que isso acontece, é questão de pouquíssimos reais.

Logo, a escolha é feita mais por avaliar os recursos disponíveis do que pelo valor investido.

No entanto, fica o alerta de que se a questão financeira for essencial no desenvolvimento do seu projeto, é possível que o plano WordPress de várias empresas possuam valores bem diferentes. O ideal é avaliar qual se encaixa melhor no que se espera.

Qual o melhor: hospedagem de site ou hospedagem WordPress?

A resposta para essa pergunta depende diretamente dos seus objetivos. Mas, como forma de te ajudar a decidir, avaliamos abaixo pontos fundamentais:

Quando contratar uma hospedagem de site

Se deve contratar uma hospedagem de site quando vai trabalhar com sites em HTML estático ou utilizar outros CMSs como Drupal ou Joomla. Mas nada impede também de usar ela para hospedar um site construído com o WordPress.

Quando por algum motivo se prefira fazer o trabalho manual de instalação e otimização através de plugins é recomendando usar a hospedagem de site convencional. Membros da nossa equipe, por exemplo, preferem dessa maneira. Se perde mais tempo, porém tudo é feito à sua maneira.

Quando contratar uma hospedagem WordPress

Se deve contratar uma hospedagem WordPress quando vai trabalhar diretamente com sites que utilizam esse CMS e deseja os recursos extras oferecidos pelo provedor.

De forma geral, a recomendação para quem tem blogs ou lojas virtuais é: escolha esse tipo de hospedagem. Ela com certeza te dará mais estabilidade e performance.

Migração de plano de hospedagem de site para a hospedagem WordPress

Ao ler esse artigo, muitas pessoas terão vontade de sair da hospedagem de site tradicional e partir para a hospedagem WordPress. Essa tarefa é possível na maioria das empresas de hospedagem. No entanto, por esse processo ser trabalhoso, de mudar de uma plataforma para outra, algum valor extra pode ser cobrado.

Há também a opção de esperar o plano atual ser finalizado na hospedagem tradicional, contratar uma hospedagem WordPress e solicitar que a migração seja feita de forma convencional.

Possíveis dúvidas sobre hospedagem de site ou hospedagem WordPress

duvidas sobre hospedagem de site

Tem algum problema continuar na hospedagem de site tradicional, mesmo usando o WordPress?

Depende. Se o seu site WordPress já é otimizado por plugins de aceleração e compressão de imagens, a diferença entre a performance dele com o cache do servidor (que tem a tendência de ser mais eficiente) e com o cache via plugin é mínima, desde que bem configurada.

Entretanto, para usuários pouco experientes, se manter na hospedagem tradicional tendo um site WordPress pode te fazer perder (ou deixar de ganhar) performance. Significa que seu site será lento? Não. Significa que ele poderia ser muito mais rápido.

Entretanto, é possível através do Google Pagespeed Insights, WP Fastest Cache e Smush – Lazy Load Images, Optimize & Compress Images aumentar a performance dele ao ponto de se equiparar a hospedagens WordPress, mesmo essa ainda tendo margem para melhorias também.

Quero ter mais de um site WordPress na hospedagem, é possível?

Depende do plano escolhido na contratação da hospedagem. Mas a maioria das empresas permite o uso de mais de um site no mesmo servidor da hospedagem de site, porém, quando se trata de hospedagem WordPress, o número de sites costuma ser mais limitado. Algumas apenas possibilitam isso a partir de determinado plano.

Qual a melhor hospedagem para quem não tem nenhuma (ou pouca) experiência?

Se quiser um blog ou loja virtual e é inexperiente nesse tipo de coisa, a hospedagem WordPress é a recomendada. Como ela é uma hospedagem relativamente gerenciada, o provedor vai cuidar de toda a parte técnica, como a instalação do WordPress e otimização do site.

No entanto, se o que deseja é ter um site estático, que dificilmente será modificado, a hospedagem de site é a melhor opção, visto que precisará usar apenas o gerenciador de arquivos ou o criador de sites oferecido no seu plano.

Migrei para a hospedagem WordPress e meu site apresentou problemas, o que pode ser?

Os problemas mais comuns relacionados a miração de uma hospedagem para a outra é duplicação de cache (tanto o seu servidor está otimizando o site, quanto os plugins utilizados) ou falta de configuração da otimização no painel do seu servidor. O ideal é, assim que realizar a migração:

  • Limpar todos os arquivos de cache;
  • Desativar plugins de otimização;
  • Desativar a cache do servidor;
  • Fazer as alterações necessárias no seu site.
  • Ativar novamente a cache do servidor.

Caso não seja resolvido, temos certeza que o suporte da hospedagem dará um jeito.

Conclusão: Hospedagem de site ou hospedagem WordPress, qual escolher?

Nesse artigo nós entramos em detalhes sobre como funciona cada tipo de hospedagem:

  • Hospedagem de site: permite vários CMS e te dá mais opções de configuração.
  • Hospedagem WordPress: possibilita muito mais performance e simplicidade com recursos para gerenciar seu site.

Saber qual é a melhor dentre elas depende de cada situação, mas com as dicas dadas nesse conteúdo, tenho certeza que conseguirá escolher a hospedagem perfeita para seu site.

Qualquer dúvida, fique a vontade para entrar em contato e falar com a gente aí nos comentários.

Forte abraço!

-

-

-

-

*Consulte condições no site

BLACK FRIDAY 

antecipada

-70