O que é CDN?

Compreenda agora o que é CDN e como ela pode melhorar a qualidade do seu site. Confira também as vantagens de aplicá-la na sua página. Aproveite e boa leitura!

Se você nunca ouviu falar sobre CDN, está na hora de mudar essa realidade, afinal, essa sigla pode ser a resolução para um problema muito comum e que causa avaliações negativas em muitos sites, sejam em empresas pequenas, médias, ou até mesmo, grandes. Por isso, neste artigo falamos falar sobre o que é CDN.

Por mais que a maior parte dos sites e aplicativos não possuam um endereço fixo, o conteúdo encontrado nos mesmos, como vídeos, imagens e textos,  ainda precisa “viajar” pelo mundo todo através de fios, o chamado tráfego on-line

Para que possamos entender melhor: se os servidores do seu site estiverem localizados em São Paulo, as pessoas do Rio de Janeiro vão receber o conteúdo mais rapidamente do que as pessoas em Manaus, por exemplo, ou, ainda, em Tóquio. 

Quanto maior for a distância dos usuários com o servidor do site, mais lentamente o aplicativo ou site irá carregar as informações, fazendo com que os clientes se frustrem e não queiram mais navegar pela página. 

Depois da leitura deste artigo, sugerimos que você aproveite e vá para “6 fatores que mais influenciam a velocidade de carregamento do site”, para ter a informação ainda mais completa sobre o assunto. 

Vamos aprender como CDN pode ajudar nessa situação e te ajudar a entender que é uma boa saída para a qualidade da sua página na internet. 

O que é CDN? 

CDN é a sigla para Content Delivery Network ou Rede de Fornecimento de Conteúdo, que permite a entrega de conteúdo do seu site ou aplicativo aos usuários de forma mais rápida e eficiente.

Trata-se de uma rede de servidores, também conhecida como “pontos de presença” ou POPs, que se localizam no mundo inteiro, possibilitando que os usuários tenham servidores próximos, mesmo que o site esteja localizado a milhares de quilômetros. 

cdn como funciona

O servidor mais próximo de um usuário é o chamado “edge server” e, quando as pessoas acessam um site que possui CDN, serão direcionados para o edge server mais próximo, o que gera uma maior velocidade de resposta. 

Assim, para prevenir que os clientes fiquem insatisfeitos com o carregamento lento, a CDN realiza a aproximação do conteúdo com o usuário, reduzindo a distância e melhorando a experiência de navegação

Para que isso aconteça, é preciso ter um cache de conteúdo próximo ao usuário mas, infelizmente, não é possível ter um próximo a todos os usuários da internet. 

Por isso, os cachês são organizados em POPs e distribuídos em grandes áreas geográficas, alocados nos principais centros populacionais do planeta.

Depois, quando uma pessoa entra em um site, a CDN a redireciona para o POP mais próximo, através de uma tecnologia que permite o mapeamento dos endereços de IP para a região geográfica próxima. 

Quais as vantagens de utilizar CDN? 

Exemplo de site sem CDN
Exemplo de site sem CDN.

No exemplo acima podemos ver um exemplo de site que não utiliza um serviço de CDN para distribuição de conteúdos estáticos.

Como pode ser observado, todos os acessos são concentrados em único servidor. Ou seja, um site com um número elevado de acessos vai exibir uma boa quantidade de hardware (CPU e memória) para responder a todas essas solicitações.

Levando em consideração que um site é composto de várias dezenas de arquivos estáticos, um grande número de solicitações é realizada em um único acesso de usuário.

Exemplo de site com cdn
Exemplo de site com CDN.

No modelo acima existe um serviço de CDN para distribuir o conteúdo estático. Dessa maneira, o site é carregado a partir de vários servidores ao redor do mundo. O sistema de CDN sempre escolhe, de forma automática, o servidor mais próximo do usuário.

Agora que entendemos o que é a CDN e como ela funciona, vamos ver as 5 principais vantagens de utilizá-la:

1. Carga do Servidor reduzida 

A primeira grande vantagem é diminuir a carga do servidor, já que são múltiplos servidores ao redor do mundo para atender às demandas, ao invés de um único servidor. Assim, não há sobrecarga e é possível atender vários usuários de uma só vez. 

Ou seja, a adoção do CDN economiza os recursos de hardware do servidor do site e, algumas vezes, permite economizar com hospedagem de site. Isso ocorre devido a não precisar de um servidor tão potente quando se utiliza a tecnologia de CDN.

2. Melhora na performance do site 

Além disso, há a vantagem óbvia de melhorar a velocidade e performance do site pois, com a CDN é possível entregar rapidamente o conteúdo através de cachês mais próximos ao usuário. 

Quando o usuário solicita uma página ou aplicativo, não precisa aguardar que a solicitação vá até o servidor da hospedagem de site, minimizando os atrasos do processo e melhorando o desempenho. 

Isso é fundamental, já que, a LoadStorm, realizou uma pesquisa na qual foram coletados os seguintes dados:

  • 25% dos usuários abandonam um site que leva mais do que 4 segundos para carregar.
  • 74% dos usuários abandonam um site mobile que leva mais do que 5 segundos para carregar.
  • 46% dos usuários não retornam para um site em que tiveram uma experiência demorada de carregamento. 

Além disso, uma pesquisa do Google sobre a velocidade também revelou que, se uma página demora para carregar:

  • 1 a 3 segundos – a probabilidade de rejeição aumenta 32%; 
  • 1 a 5 segundos – a probabilidade de rejeição aumenta 90%;
  • 1 a 6 segundos – a probabilidade de rejeição aumenta 106%
  • 1 a 10 segundos – a probabilidade de rejeição aumenta 123%.

3. Permite a segmentação do público 

Como as CDN são, hoje, responsáveis por cerca de 50% do tráfego on-line do mundo todo, muitos dados sobre os usuários são coletados, como tipo de conectividade, dispositivos utilizados e mais.

Essas informações coletadas podem ser utilizadas para tomar decisões, categorizar o público-alvo do site, entender as tendência e os padrões de consumo de conteúdo, podendo otimizar o site para uma maior aceitação. 

4. Reduz a perda de pacotes e a latência da rede 

Os conteúdos são transmitidos pela internet através de pacotes com pequenas unidades de dados e, quando esses precisam viajar por grandes distâncias, alguns podem se perder pelo caminho. 

Além disso, esses pacotes podem chegar atrasados, aumentando a latência da rede ou, ainda, chegar fora de ordem, o que chamamos de jitter. 

Esses acontecimentos pioram a qualidade da experiência dos usuários, como áudio fora de sincronia com a imagem, distorções na imagem, entre outras coisas.

5. Melhora a disponibilidade do site 

Uma vantagem indireta da CDN é que, como os servidores não ficam sobrecarregados, os picos de tráfego não acontecem e, como os ataques cibernéticos dependem desses picos, diminuem consideravelmente. 

Essas são 5 das vantagens da CDN, mas os benefícios não param por aí. É importante estar atualizado com as informações sobre hospedagem e as tecnologias que te permitem ter o melhor site possível. Por isso, fique de olho em nosso site e nos conte nos comentários qual assunto você quer ver por aqui. 

-

-

-

-

*Consulte condições no site

Ótima hospedagem por EXCELENTE preço.

-80