Google lança atualização "Sem resultados" (zero results)

google atualização mobile

O Google lançou oficialmente um recurso que vai mostrar o resultado da busca antes mesmo de você efetuar a busca! É isso mesmo que você entendeu. Enquanto você digita ele já vai responder sua pergunta. Mas não para por aí, ele também eliminou os sites dos resultados de buscas.

Essa nova atualização zero results do Google, como ficou conhecida, vai ser usada apenas em consultas muito específicas, como conversões, cálculos matemáticos e perguntas em que o Google pode ter certeza que só existe uma resposta certa, como que horas são em determinado local e outros tipos de perguntas.

Se você usa muito o Google provavelmente tenha notado que para algumas pesquisas ele já exibe a resposta diretamente no buscador ─ tornando desnecessário clicar em um dos links para obter a resposta.  

Agora com essa atualização quando o Google estiver confiante que é capaz de responder sua pergunta ele vai exibir o resultado direto no buscador enquanto você  escreve a pesquisa.

E em alguns casos em que a busca for feita não vão ser mostrados sites como resultados de pesquisa, apenas a resposta da pesquisa. As páginas que antes eram exibidas nos resultados de buscas agora vão ficar ocultas por um botão “Mostrar mais”. Isso vai acontecer em casos bem específicos (por enquanto!).

google não mosrtra nenhum site no resultado de buscas por horários
google não mosrtra nenhum site no resultado para conversões
google não mosrtra nenhum site no resultado para calculos

Ou seja, não vão ser exibidos nenhum site, daí o nome "zero results", apenas a resposta e um botão para o caso do pesquisador quiser obter informações adicionais nos sites do resultado de buscas. Somente ao clicar neste botão que os sites vão ser mostrados para o usuário.

Quando o Google não vai exibir nenhum site nos resultados de buscas? O Google vai ocultar os sites em casos específicos. Consultas relacionadas a cálculos, conversões, horários e também quando ele estiver confiante ser capaz de responder com precisão não vão ser exibidos nenhum site, em vez disso vai exibir o resultado direto para o usuário e o botão “Mostrar mais” para o caso dele querer consultar algum site.

Em suma, sempre que o Google tiver certeza que é capaz de responder à pergunta do usuário ele não vai exibir sites e sim a resposta. Além disso ele agora vai mostrar também a resposta antes mesmo da pesquisa ser feita.

Declaração do Google. O Google enviou esta declaração sobre o lançamento deste recurso:

Como sempre, nosso objetivo com a pesquisa é ajudar as pessoas a encontrar rapidamente as informações mais relevantes. Para consultas em que temos uma confiança extremamente alta de que um usuário está buscando um cálculo, conversão de unidade ou hora local, mostraremos um único resultado para melhorar o tempo de carregamento no celular. Desde o nosso experimento inicial em fevereiro, trabalhamos para remover anúncios e melhorar a qualidade do acionamento dessa experiência para garantir que estamos atendendo aos usuários o que eles estão procurando, e ainda forneceremos a opção de tocar para ver mais resultados.

Este recurso foi testado anteriormente no começo do ano. Mas depois de vários feedbacks negativos os testes foram encerrados e o recurso “zero results” foi desativado. Na época o Google disse que “repensaria” este recurso.

Quais os riscos desta atualização? Esse recurso com certeza é muito útil para os usuários que vão fazer uma pesquisa através de um dispositivo móvel. A vantagem de economizar dados móveis do usuário parece ser ótima ideia.

O problema ocorre em sites dedicados a mostrar horas de várias regiões, a solucionar cálculos matemáticos e até marcas que podem ser confundidas com perguntas ou cálculos matemáticos. Nestes casos, principalmente das marcas pequenas, pode gerar uma grande dor de cabeça, pois os sites destas empresas só vão ser mostrados depois de clicar em “Mostrar mais”.

Um dos problemas que gerou bastantes críticas nos testes de fevereiro é que muitas empresas acabaram sendo “confundidas” com perguntas de hora e cálculo. Um dos exemplos mais citados foi a revista “Time”, muita famosa nos Estados Unidos. Quem pesquisou por ela no começo do ano foi surpreendido pela informação da hora e o tal botão para exibir os resultados de buscas.

Esse problema ocorreu porque “time” em inglês foi interpretado como uma pergunta pela hora. E o resultado foi a imagem que você pode conferir abaixo:

google não mostra resultados ao pesquisar por time

O site da revista time não era exibido, mas agora com este relançamento do recurso ele é exibido, mas ainda assim é mostrada a hora para o usuário.

Existe um alarde exagerado com essa atualização? Em um primeiro momento, ao ser levado em consideração que o número de consultas atingidas por essa atualização é muito baixo, ela não parece ser preocupante (a menos que você seja dono de sites de algumas das categorias citadas anteriormente).

Agora quando olhamos para frente vemos que essa atualização abre um precedente. Imagine que em diversas situações o Google é capaz de dar uma resposta precisa sem levar o usuário para um site.

Por exemplo, quem pesquisa por “quantos anos vive um gato” ou “quando termina o horário de verão” vai encontrar a resposta antes mesmo de fazer a busca, como pode ser visto nas imagens abaixo:

Se formos pensar que muitas das pesquisas podem ser respondidas diretamente no Google e que se o usuário nem precisa fazer a busca dificilmente vai chegar a ver algum site nos resultados.

Neste caso não há descrição ou título chamativo que resolvam, pois muitos destes usuários nem vão chegar a ter contato com um site, apenas com o Google. Sem querer fazer alarde, mas sim, essa é uma questão que precisa ser levada em consideração e que pode ser tornar algo ainda maior no futuro.

Esses sites que criaram conteúdos de qualidade para abordar temas adicionais ao pesquisado pelo usuário com certeza vão notar uma queda nos acessos. Como pode ser visto nas imagens a seguir são vários os casos em que o usuário não precisa nem abrir o resultado de buscas para ver a resposta.

Os dispositivos afetados estão limitados no momento aos mobiles. Com mais de 50% do mercado de buscas, os celulares e tabletes são os dispositivos que oferecem a nova funcionalidade. Por enquanto os computadores ainda não foram afetados por essa mudança.

Fonte: https://searchengineland.com/google-showing-zero-results-again-for-many-time-calculations-conversions-search-results-308535

O que você achou do conteúdo?
Pode melhorar0
Ótimo0
Perfeito0