Site fora do ar: 11 Dicas para resolver o problema

site fora do ar como resolver

Ficar com um site fora do ar é uma sensação horrível, é como se houvesse uma explosão de sentimentos e perguntas não respondidas dentro de nós. Mas não se desespere, eu já passei por isso e vou ajudar você a resolver este problema.

Seguindo essas dicas você vai conseguir restaurar o acesso ao seu site e poderá respirar aliviado novamente sabendo que o problema foi resolvido e já não está mais perdendo visitas.

O primeiro e mais importante passo é manter a calma. Algumas atitudes podem até piorar a situação, então pense bem no que vai fazer para não se arrepender depois.

1 – O primeiro passo quando a site está inacessível

verificar se o site está fora do ar

Você acessou seu site e recebeu uma mensagem de erro. Isso é sinal que seu site está fora do ar certo? Errado!

Existem alguns fatores que podem impedir você de acessar seu site. Não significa, necessariamente, que seu site está fora do ar quando você não consegue acessá-lo.

Pode ser um problema com sua internet, neste caso só você não consegue acessar o site. Pode ser também um problema de rota, onde um pequeno número de usuários de um determinado provedor de internet não consegue acessar o site.

Alguns programas de antivírus também podem impedir o acesso ao seu site. Enfim, as possibilidades são muitas.

Por esse motivo o primeiro passo antes de tomar qualquer atitude é verificar se o seu site realmente está offline.

Para isso eu recomendo usar esta ferramenta. Ela testa o site a partir de várias regiões diferentes, assim você consegue saber se é um problema local ou global.

Se o seu site realmente estiver offline você vai ter uma tela como está aqui:

site fora do ar uptrends
Neste exemplo eu encerrei o servidor para simular quando o site caí devido a um número elevado de acessos.

2 – O segundo passo quando a site está inacessível

site fora do ar entrar em contato com o suporte

Na minha opinião, como dono de site e aconselhando aos usuários leigos que não sabem identificar a causa do problema, o segundo passo deve ser entrar em contato com a hospedagem de site.

Pode ser que a empresa não tenha culpa do problema, mas pode ser que tenha. Como isso é algo rápido de fazer, a segunda providencia deve ser entrar em contato com a hospedagem para que sua solicitação entre na fila e seja avaliada o mais rápido possível pelo suporte técnico da empresa.

A lógica é a seguinte: enquanto você vai trabalhar para encontrar o problema deixe o pessoal da hospedagem de site ciente do problema para que possam trabalhar para resolver também.

Claro que o pessoal da hospedagem não vai gostar muito disso.

O ideal seria você reclamar somente depois de ter certeza que a causa do problema é o serviço de hospedagem, mas não dá para perder tempo, reclame o quanto antes porque quem sabe o pessoal do suporte não te ajuda mesmo a culpa não sendo deles.

Mas tome cuidado, você ainda não sabe a causa do problema. Então entre em contato com a hospedagem de sites passando o link do seu site e pedindo para eles analisarem porque não está conseguindo acessar o site.

As empresas sabem que a grande maioria dos usuários não tem conhecimentos técnicos para entender as causas dos problemas, então elas procuram ajudar até para o cliente não fazer uma avaliação negativa da empresa.

3 – Olhe sua caixa de e-mail

site fora do ar olhar caixa de e-mail

No caso do seu site estar indisponível pode ser uma boa ideia olhar sua caixa de e-mails. Parece uma dica estranha a princípio, mas vou explicar porque eu sempre recomendo olhar seus e-mails em caso de queda do serviço.

Seu site pode estar indisponível por uma infinidade de motivos e talvez a “resposta” esteja na sua caixa de entrada. Pode ser que você tenha recebido algum e-mail informando algum problema com a hospedagem de site.

Ou até algum serviço que você usa pode ter caído e afetado a hospedagem de sites. E o mesmo pode ter enviado alguma informação sobre queda para seu e-mail.

Vai por mim, em muitos casos de quando o site cai é possível resolver facilmente olhando os e-mails, pois pode ter algum aviso de cobrança, de alerta de limite ultrapassado, de falha em algum sistema e etc.

Essa dica é válida quando não está sendo exibida nenhuma mensagem de erro na tela. Se tiver algum erro é preciso analisar o que está acontecendo seguindo as dicas abaixo.

4 – Hospedagem de sites ruim

site fora do ar por hospedagem de site problemas

Não é uma regra, bons serviços podem enfrentar períodos de instabilidade, mas eles devem ser curtos. Agora quando a empresa começa a deixar seu site fora do ar com frequência é um mau sinal.

Existem muitas empresas de baixa qualidade no mercado de hospedagem. É muito barato e fácil montar uma hospedagem de sites. O problema é que manter um servidor atualizado e sempre funcionando exige alguns cuidados e conhecimento técnico.

Se não é a primeira vez que você enfrenta quedas causadas por sua hospedagem de site, avalie a possibilidade de mudar para uma hospedagem de sites melhor.

Pode ser que você dependa do suporte da empresa de hospedagem de site para resolver o problema do servidor. Neste caso não há o que fazer, só reclamar com a empresa e aguardar a solução.

5 – Hospedagem de sites limites

site fora do ar por hospedagem de sites com limites

O site pode ficar indisponível por causa de limites de transferência ou até porque seu site está exigindo demais do servidor e ele não está dando conta, algo muito comum quando o site recebe um pico de acessos.

Se o seu provedor de hospedagem tem um limite de transferência mensal e o mesmo foi atingido, pode ser que isso tenha ocasionado a queda do site. Neste caso você provavelmente tenha sido avisado por e-mail.

Outro motivo é quando você recebe um grande número de visitas, maior do que o seu plano de hospedagem de sites suporta, isso pode sim tirar seu site do ar.

Neste caso você teria que ver junto a hospedagem de site a possibilidade de fazer a migração para um plano de melhor, com uma maior capacidade de receber visitas.

6 – Erros no WordPress

site fora do ar por WordPress erros

Pode acontecer algum erro no seu site WordPress que está deixando seu site fora do ar.

Neste caso você pode tentar acessar a página de login do WordPress meusite.com.br/wp-login.php porque assim ela pode mostrar algumas informações importantes, se por exemplo foi alguma falha no banco de dados. Claro que isso somente se ela estiver acessível.

Outra opção é ativar o modo debug do WordPress, assim ele vai exibir as mensagens de erros na tela. Se é um problema no WordPress certamente ele vai gerar uma mensagem de erro que vai auxiliar a identificar o problema.

A mensagem de erro indica onde está o problema, mas em caso de dúvidas você pode fazer uma busca pela mensagem de erro no Google para encontrar uma solução ou até usar os fóruns de suporte do WordPress para pedir auxílio da comunidade.

7 – Erros de programação

site fora do ar por erros na programação

Você inseriu um código que viu num tutorial na internet e depois disso seu site ficou fora do ar? Bem, sinto em informar que não foi coincidência.

Você provocou a queda do site, neste caso a empresa de hospedagem de sites nada pode fazer, somente você pode consertar este problema.

Quando fazemos uma alteração que “quebra” o site precisamos remover essa alteração o mais rápido possível.

Se você utilizou o editor do WordPress para fazer a alteração e depois não conseguiu mais acessar este mesmo editor, a única saída é acessar o arquivo via cliente FTP.

Edite o arquivo que você alterou removendo o código inserido. Isso deve ser o suficiente para restaurar o acesso ao site nestes casos.

8 – Falha ao atualizar plugins e temas

site fora do ar devido a erros no WordPress

Se você atualizou algum plugin ou tema, e depois disso o site ficou fora do ar, é preciso desativar este plugin/tema que provavelmente não está funcionando bem em seu site.

Supondo que seu site está fora do ar e você não tem mais acesso ao painel do WordPress, usando um cliente FTP você precisa proceder com a desativação do tema/plugin defeituoso.

  • Plugins – Para desativar manualmente um plugin vá até a pasta “wp-content/plugins”, localize a pasta do plugin que você deseja desativar e renomeie ela. Por exemplo, se você suspeita que um plugin de SEO está causando o problema em seu site, então localiza a pasta deste plugin, digamos “wordpress-seo” e renomeei ela para “wordpress-seo-old”. Tente acessar o site, se ele continuar indisponível poderá repetir este processo até localizar o plugin com problemas.
  • Temas – No caso de temas o que precisa ser feito é muito semelhante ao do caso do plugin. A diferença é que tema você só tem um ativo em seu site, então se for ele ao desativá-lo o acesso ao site será restabelecido. Para desativar um tema manualmente vá até a pasta “wp-content/themes” e renomeei a pasta do seu tema ativo. Exemplo mude para “nome-do-tema-old”.

9 – Falha ao atualizar o WordPress

site fora do ar ao atualizar WordPress

Se depois de atualizar o WordPress o site ficar offline, pode ser necessário fazer a atualização manualmente.

Mas antes é bom que você saiba que o site pode ter ficado inacessível depois de atualizar o WordPress, porém por culpa de algum plugin ou tema incompatível, neste caso não deixe de ver as dicas anteriores de falha ao atualizar temas/plugins.

Supondo que houve uma falha e a atualização do WordPress ficou incompleta. Neste caso a única saída é realizar o procedimento manualmente.

Para atualizar o WordPress manualmente:

  • Acesse o site https://br.wordpress.org/download/.
  • Baixe a última versão do WordPress.
  • Descompacte o arquivo ZIP baixado em seu computador.
  • Usando um cliente FTP, faça o envio destes arquivos para o servidor.

Deste modo você vai fazer a atualização manualmente do WordPress.

Outra maneira é enviar o arquivo ZIP para o servidor via cliente FTP e depois, usando o gerenciador de arquivos da hospedagem de sites, fazer a descompactação do arquivo zipado. Na minha opinião este é o método mais seguro e rápido, porém, um pouco mais complicado para um usuário leigo.

10 – Ataque DDoS

site fora do ar ataque DDoS

Outro motivo que não é muito difícil de tirar seu site do ar é você ser vitima de um ataque DDoS. Estes ataques simulam uma grande quantidade de acessos ao seu site, fazendo com que seu site fique fora do ar ou seja tirado do ar pela empresa de hospedagem de site para evitar prejudicar outros clientes.

Neste caso você deve entrar em contato com a hospedagem de site para ver as medidas cabíveis para se livrar deste ataque hacker. Ou utilizar algum serviço de mitigação, como o CloudFlare.

11 – Outras informações importantes

Não se esqueça que se o site ficou offline por causa de alguma falha em script é possível fazer a restauração do backup para restabelecer o mesmo. Claro que para isso você deve ter feito o backup ANTES do problema acontecer.

Essas dicas acimas devem ajudar a grande maioria das pessoas que estão com um site fora do ar, mas também existem outras situações que podem tirar seu site do ar.

Mas eu acredito que mesmo nestes casos com as dicas anteriores você consegue resolver o problema. Espero ter ajudado você.

*Condições no site